Por que o Método Lordello de Segurança foi criado?
Voltar


O aumento da criminalidade, das fraudes internas e externas e das ameaças em geral, tem obrigado empresas e condomínios (residenciais e comerciais) a atuarem proativamente para reduzirem riscos e promoverem segurança patrimonial e pessoal.

Não é nenhum segredo que o treinamento com foco em segurança estimula o aperfeiçoamento contínuo e consistente de porteiros, vigilantes, supervisores, gerentes, zeladores e funcionários ligados ao departamento de recursos humanos.

Por outro lado, é comum verificar que o departamento de RH e gerência operacional das empresas tem se deparado com muitas dificuldades relacionadas com treinamento e capacitação de seus colaboradores, quando o tema é segurança.

Tanto é verdade, que os tomadores de serviço têm reclamado bastante da qualidade dos serviços de mão de obra terceirizados, principalmente nas áreas de controle de acesso de pessoas, veículos e mercadorias. Infelizmente, esta tem sido a tônica no mercado.

Os profissionais das áreas de segurança e recursos humanos que desenvolvem programas próprios de treinamento, invariavelmente encontram diversos problemas e obstáculos.

Muitas empresas costumam pinçar dentre seus quadros, colaboradores que aparentemente possuam aptidão para a área de treinamento, mas que normalmente não tem formação acadêmica na área de ensino e ainda carecem de experiência e conteúdo atualizado.

O conhecimento e a vivência de colaboradores dentro das empresas nem sempre significam que serão bons profissionais na área de treinamento e capacitação em grupo.

Na verdade, eles sabem como executar bem o trabalho, mas na maioria das vezes, não conseguem repassar sua experiência a outros colaboradores.
Quando são designados a também realizarem atividades como instrutor, tendem a dizer como os outros devem realizar suas tarefas, e isso, entretanto, não é ensinar e nem capacitar. É simplesmente dar ordens!

A aptidão e a habilidade requeridas como atributos para a formação de determinado colaborador na área de segurança operacional, não são as mesmas que conduzem ao êxito um profissional preparado para ministrar treinamento.

O resultado normalmente termina numa tremenda frustração para a gerência que acreditou na solução caseira visando o aperfeiçoamento de seus colaboradores na área de vigilância e recursos humanos. A intenção é boa, mas a metodologia não é ideal.

Foi para suprir essa necessidade das empresas e condomínios, que nosso palestrante, conferencista e escritor internacional, Dr. Jorge Lordello, criou o Método Lordello de Treinamento em Segurança.