top of page

Assassinato de aposentada em prédio: exemplo de falta de prevenção

No ano de 2000 acompanhei um caso triste, ocorrido num bairro nobre em São Paulo, que serve como orientação preventiva ao leitor.

APOSENTADA MORRE AMORDAÇADA NO PRÓPRIO APARTAMENTO (O Estado de São Paulo, 09.09.2000)

A aposentada G.G.B., de 82 anos, morreu depois de passar 36 horas amordaçada e amarrada por ladrões no seu apartamento, na Rua Amazonas. Os ladrões, dois homens e uma mulher, chegaram ao apartamento da aposentada, na quarta feira, por meio de um anuncio classificado. Georgina havia anunciado a venda de um aparelho de ar condicionado.

Receber compradores desconhecidos na própria casa é sinônimo de perigo e insegurança. As páginas de classificados de jornais são lidas por pessoas honestas interessadas em comprar alguma coisa, como também por marginais que desejam perpetuar um assalto. Esse tipo de procedimento em prédios de apartamentos é extremamente perigoso e atrapalha e muito o controle de acesso feito motorista.

No caso citado acima, os marginais ligaram para o apartamento da aposentada e durante o bate papo descobriram que ela morava sozinha. Ao chegarem ao prédio, perceberam que não havia nenhum controle para monitorar a entrada de pessoas desconhecidas e assim, sentiram-se seguros para assaltar a vitima, culminando com o brutal assassinato. Se o mencionado prédio tivesse regras rígidas no controle de acesso, esse crime poderia ter sido evitado. A prevenção é de suma importância porque visa evitar que o pior aconteça.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Crime e as seqüelas emocionais

O diretor do Centro de Tratamento e Pesquisas de Vítimas de Crimes, da Universidade da Carolina do Sul/EUA, Dean Kil Patrick, afirma que: “Vítimas de crimes estão 10 vezes mais sujeitas do que a média

Traumas pós-violência

Você já foi vítima de um ato de violência e ficou traumatizado? A violência faz parte do mundo animal. Os predadores atacam suas presas por uma questão de sobrevivência. Todo predador tem seu dia de p

Comments


bottom of page