top of page

Folião precavido segue as dicas do dr segurança

O carnaval está chegando e tem folião que se prepara somente para o item fantasia; esquece o fundamental, que é a segurança pessoal. Para muitos, o clima é de "liberou geral", o que significa abusar de bebida alcoólica, drogas e sexo, normalmente sem a devida proteção.

A regra, parece que é esquecer, mesmo que temporariamente, os problemas e adversidades do cotidiano e cair na gandaia. O juízo, recupero na quarta-feira de cinzas!

Mas será que é tão simples assim???

Claro que não, tradicionalmente, a polícia registra milhares de ocorrências nesta época que deveria ser só de alegria. Foliões lotam prontos socorros de hospitais e alguns selarão seus destinos indo para necrotérios; isso em razão de overdoses, acidentes de trânsito e homicídios.

Portanto, antes de ir curtir baile de carnaval ou bloco de rua, é importante refletir sobre prevenção e proatividade. Algumas dicas são fundamentais para que a folia seja segura e saudável:

1) Saia de casa de barriga cheia; é essencial para se ter energia suficiente para aproveitar o festejo e suportar eventual excesso no consumo de álcool. Lembre-se do antigo jargão popular: “Barriga vazia não para em pé”.

2) Não carregue carteira, leve apenas a CNH, se você for dirigir, caso contrário carregue xerox colorido autenticado.

3) Cartões de crédito e de bancos devem permanecer na residência. Saque anteriormente quantia em dinheiro e arrume lugar seguro para carregar, como por exemplo dentro da meia.

4) Relógio, joias e bijuterias de uso diário devem ser guardados, pois são objetos que interessam aos ladrões. Lembre-se que na hora da diversão no meio de tanta gente, ”menos é mais”.

5) Vá com tênis ou sapato confortável e sem salto, totalmente fechado. O risco de se cortar com cacos de vidro ou objetos cortantes lançados ao chão é enorme.·

6) Muito cuidado com o aparelho celular, que é o objeto mais roubado no Brasil e bateu todos os recordes estatísticos. Muita gente guarda ainda em casa o celular velho, que em tese está aposentado e virou relíquia. Troque o chip e desaposente o aparelho. Mesmo assim, evite carregá-lo na mão ou em qualquer parte do corpo à mostra. Assim como mostrei que é importante esconder dinheiro e documentos, faça o mesmo com seu smartphone.

7) Se for tirar uma foto no meio da muvuca, lembre-se que sempre correrá o risco de alguém te dar um empurrão e subtrair seu smartphone. Se a vontade de registrar a festa for incontrolável, busque local com mais segurança e seja rápido e discreto.

8) Vá com criança em bloco infantil e não de adulto. Lembre-se que muita gente exagera na bebida alcoólica e drogas, o que aumenta o risco de violência. Não esqueça de identificar o filho com pulseirinha no pulso.

9) Os ambulantes fazem a festa vendendo bebidas alcoólicas. Por outro lado, você sabia que muitos optam por produtos falsificados e de péssima qualidade para ganhar mais dinheiro? Até bebidas baratas são falsificadas. Portanto, leve de casa o que for ingerir ou procure estabelecimento comercial legalizado para adquirir.

10) Jamais aceite bebida de estranho; pode conter sonífero ou qualquer outro tipo de droga usada no golpe criminoso chamado de “boa noite cinderela”. Antes mesmo de começar a semana do carnaval, já soube de casos de foliões que em blocos de rua foram vítimas dessa armadilha e tiveram todos os pertences subtraídos, além da possibilidade, real e lamentável, da ocorrência de crimes de ordem sexual.

11) Não aceite provocação, não ligue para empurrões e se for acompanhado, nada de cena de ciúmes. É permanente o risco de brigas violentas em locais onde a ingestão de bebida alcoólica é grande.

12) Jamais perca seu copo de vista. Segure-o sempre pelo bocal para impedir que insiram drogas sem você perceber

13) Não beba mais do que está acostumado, pois é obvio que passará mal e assim, além de não curtir o carnaval, você ficará vulnerável a bandidos ou foliões de má índole. O segredo é beber bastante água durante a folia; a hidratação é por demais importante em dias de forte calor e esforço físico.

14) Evite ir de carro. Nessa época é fatal cruzar com motoristas completamente embriagados. Portanto, vá de transporte, a pé ou de taxi.

15) Não aceite carona de desconhecido na hora de voltar para casa. A regra é a seguinte: vou com meus amigos, volto com eles!

16) Defina ponto de encontro com os amigos. Caso vocês se percam, fica fácil encontrar o parceiro.

17) Para finalizar, evite exageros, pois o mundo não vai acabar ao final do carnaval. Na quarta feira tudo volta ao normal, como “dantes no quartel de Abrantes”, e se você estiver doente ou passando mal em razão da festa carnavalesca, o prejuízo pode ser grande, em todos os sentidos. O equilíbrio e o bom senso, devem fazer parte de qualquer festividade ou comemoração.

18) Estipule horário de voltar para casa. A folia perdura por vários dias; diz a voz da sabedoria, que devemos evitar exageros que não estejamos acostumados. Para curtir com chave de ouro o carnaval, é importante se programar e cuidar da fantasia, maquiagem e alguns outros detalhes que fazem o carnaval mais divertido, mas não esqueça da segurança pessoal. Organize o divertimento, estipule regras e as condutas que deve evitar para que possa guardar excelentes recordações deste carnaval e não histórias tristes e sofrimentos, muitas vezes traumatizantes ou até irreversíveis.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Crime e as seqüelas emocionais

O diretor do Centro de Tratamento e Pesquisas de Vítimas de Crimes, da Universidade da Carolina do Sul/EUA, Dean Kil Patrick, afirma que: “Vítimas de crimes estão 10 vezes mais sujeitas do que a média

Traumas pós-violência

Você já foi vítima de um ato de violência e ficou traumatizado? A violência faz parte do mundo animal. Os predadores atacam suas presas por uma questão de sobrevivência. Todo predador tem seu dia de p

Comments


bottom of page