top of page

Golpe do purificador de água contra aposentados •"Quando a esmola é demais o santo desconfia"

A campainha tocou insistentemente.

Dona Josefa abre a portinhola da porta da frente do sobrado para ver quem era. Um rapaz trajando terno bem cortado e exibindo no peito um crachá do INSS oferta largo sorriso e diz:

“Muito bom dia, sou funcionário da Previdência Social”.

A anciã, preocupada com seu pecúlio, brada:

“Aconteceu alguma coisa com minha aposentadoria?”.

A resposta foi reconfortante:

“Fique tranquila, vim a pedido do Superintendente para dizer que seu recadastramento foi concluído com sucesso e por isso nosso órgão vai presenteá-la com um super filtro que vai tornar a água de sua casa alcalina e com isso aumentar a saúde da família”.

Dona Josefa, feliz com as boas notícias, abriu a porta da residência, convidou o gentil rapaz para que entrasse e logo foi passando o cafezinho. Depois de breve papo, o tal funcionário abriu bonita pasta e tirou formulário, que seria a autorização para instalação do purificador de água. Para adiantar o serviço, solicitou os documentos pessoais da idosa e rapidamente foi preenchendo todos os campos. Ao final, pediu que exarasse a assinatura. Sem a dona da casa perceber, com a câmera do celular, tirou fotos dos documentos da idosa.

Na hora de ir embora, concluiu a conversa:

“Na próxima sexta feira pela manhã não saia de casa, pois nosso técnico virá instalar seu presente”.

É óbvio que dona Josefa ficou esperando sentada o purificador.

A notícia ruim ela tomou ciência no mês seguinte, quando foi retirar no Banco o dinheiro da aposentadoria e percebeu que quase 1/3 fora debitado para saldar crédito consignado.

Amigo leitor, é preciso alertar parentes e amigos aposentados e pensionistas para tomarem cuidado extremo com golpes não só na porta de casa como também via celular ou e-mail.

Na área da segurança, existe jargão antigo que diz:

“Quando a esmola é demais, o santo desconfia”.

Estelionatários costumam usar dois artifícios para ludibriar vítimas: 1)Surpresa Agradável: a oferta de presente ou vantagem ilude inocentes ou gananciosos

2)Surpresa Desagradável: o medo de sequestro de parente ou que a aposentadoria vai ser cancelada, pode levar vítimas a assinarem papeis sem ler ou realizarem depósitos em contas abertas com documentos falsificados.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Novo roteiro do falso sequestro por telefone

Tenho alertado, insistentemente, o amigo leitor, sobre os cuidados necessários ao se atender telefone fixo ou celular, pois a quantidade de golpes a que se está sujeito é impressionante, e a cada dia

Novo Crime: "Big Brother" via celular

O aparelho eletrônico mais vendido no Brasil é o telefone celular. Seu uso é extremamente democrático; foi adotado por pessoas de todas as faixas etárias e classes sociais. Crianças com 10 anos ou men

Nova estratégia do falso sequestro

A presente matéria é um alerta para os leitores que possuem telefones celulares. O golpe do "falso sequestro", que já fez milhares de vítimas em todo Brasil, tem sido remodelado, constantemente, pelos

bottom of page