top of page

Modalidades do disk-crime

Recebi dezenas de e mails e telefonemas sobre a matéria que escrevi na semana passada, cujo tema foi o "falso seqüestro por telefone". Muitos leitores pediram a descrição das modalidades do chamado "telemarketing do crime", portanto passo a enumerá-las em ordem cronológica: 1)Seqüestro Virtual: o bandido liga para o celular da vítima e noticia o seqüestro de um parente. A estratégia é agredir psicologicamente com frases fortes e ameaças de morte do suposto refém. O segredo para o sucesso do golpe, é impedir a vítima de desligar o telefone, assim não poderá checar a informação. O preço do resgate é a compra de créditos para telefones celulares pré-pagos ou transferência de dinheiro, cujo valor oscila de 1mil a 10 mil reais, para contas abertas com documentos fraudados. 2)Golpe do Acidente de Trânsito: o bandido se faz passar por bombeiro ou policial rodoviário. Depois de "informar" a vítima sobre um acidente, sugere que uma das pessoas, "gravemente ferida", pode ser seu parente. O golpista aproveita-se do nervosismo de seu interlocutor para extrair informações, como nome e características de um filho ou cônjuge que esteja na rua aquela hora. Em seguida, se transforma em seqüestrador e passa a ameaçar. 3)Extorsão com Agenda do Celular: marginais, de dentro e fora das cadeias, adquirem celulares que foram furtados ou roubados, e ligam, geralmente à noite ou madrugada, para os proprietários, exigindo quantia em dinheiro que varia de 5 mil a 10 mil reais, para não seqüestrar determinado parente identificado na agenda de telefones ou em foto constante no aparelho. Muitas pessoas aceitaram a extorsão, acreditando na possibilidade de seqüestro. 4)Teatro Criminoso: ao atender o telefone, normalmente de madrugada, a vítima ouve uma voz chorosa pedindo socorro. "Mãe" ou "pai", diz a voz, "eles me pegaram". Em geral, a pessoa, na tentativa de se certificar se é seu filho (ou filha) quem está falando, revela seu nome. Imediatamente, o bandido entra na linha e anuncia o seqüestro. 5)Seqüestro da Patroa: nesse caso a vítima é a empregada doméstica, que recebe telefonema no local de trabalho, noticiando o seqüestro da patroa. O marginal a convence a pegar as jóias e dinheiro da família, colocar num saco e deixar nas proximidades. 6)Crime com Hora Marcada: criminosos telefonam, apresentando-se como operadores de telemarketing de empresas de purificadores de água ou de TV a cabo, propondo a troca do carvão ativado do purificador ou o conversor da operadora de TV a cabo, de forma graciosa. O cliente acaba aceitando oferta tão gentil e marca dia e hora para receber os técnicos da suposta empresa.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Novo roteiro do falso sequestro por telefone

Tenho alertado, insistentemente, o amigo leitor, sobre os cuidados necessários ao se atender telefone fixo ou celular, pois a quantidade de golpes a que se está sujeito é impressionante, e a cada dia

Novo Crime: "Big Brother" via celular

O aparelho eletrônico mais vendido no Brasil é o telefone celular. Seu uso é extremamente democrático; foi adotado por pessoas de todas as faixas etárias e classes sociais. Crianças com 10 anos ou men

Nova estratégia do falso sequestro

A presente matéria é um alerta para os leitores que possuem telefones celulares. O golpe do "falso sequestro", que já fez milhares de vítimas em todo Brasil, tem sido remodelado, constantemente, pelos

bottom of page