top of page

Muito cuidado com o golpe do “problema surpresa” com parente

Se um parente próximo ligasse pedindo dinheiro emprestado para resolver problema grave e que pagaria no mesmo dia, você atenderia o pedido?

Não sei qual sua resposta, mas peço que preste atenção no relato que recebi de uma seguidora pelas redes sociais:

“Lordello, ligaram no meu trabalho e a pessoa falou que era um primo querido que há muitos anos não via. Ele disse que estava indo fazer uma visita surpresa para minha mãe mas o carro dele quebrou na pista. Como estava sem crédito no celular, me passou o número de um mecânico que iria socorrê-lo; queria saber se ele iria demorar. Atendi meu primo e liguei para o tal mecânico, que alegou que o conserto ficaria em R$ 2.800,00. Disse ainda que só aceitaria o pagamento em dinheiro, pois estava cansado de levar calotes. Informei meu primo e ele solicitou que eu depositasse na conta bancária do mecânico e que naquele mesmo dia, depois que o carro ficasse pronto, iria ao banco fazer transferência para minha conta. Acreditando na história, usei o limite do cheque especial para fazer o depósito na conta que me foi passada e enviei o comprovante de transferência pelo ZAP, conforme exigido. Só fui perceber que tinha caído num golpe quando começaram a pedir mais dinheiro. Estou relatando esse fato para que pessoas sejam alertadas, pois até então eu nem sonhava que existia esse tipo de malandragem”.

Muitas vítimas já caíram nessa armadilha; os estelionatários conseguem informações preciosas nas redes sociais e armam arapucas. As pessoas são pegas “frias”, durante horário de trabalho e acreditam que a voz do celular é realmente do parente, pois, geralmente, ligam de ruas com muito ruído de trânsito, o que dificulta o pleno entendimento.

Nesses casos, para saber se é ou não um golpe, basta fazer uma pergunta difícil, bem pessoal, que somente o parente saberia a resposta.

Sempre desconfie de situações via celular ou internet, envolvendo pessoas(parentes ou não) precisando de dinheiro com muita pressa por causa de algum problema que precisa ser resolvido imediatamente. A estratégia dos malandros virtuais é não deixar a vítima raciocinar ou conversar com outra pessoa.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Novo roteiro do falso sequestro por telefone

Tenho alertado, insistentemente, o amigo leitor, sobre os cuidados necessários ao se atender telefone fixo ou celular, pois a quantidade de golpes a que se está sujeito é impressionante, e a cada dia

Novo Crime: "Big Brother" via celular

O aparelho eletrônico mais vendido no Brasil é o telefone celular. Seu uso é extremamente democrático; foi adotado por pessoas de todas as faixas etárias e classes sociais. Crianças com 10 anos ou men

Nova estratégia do falso sequestro

A presente matéria é um alerta para os leitores que possuem telefones celulares. O golpe do "falso sequestro", que já fez milhares de vítimas em todo Brasil, tem sido remodelado, constantemente, pelos

Comments


bottom of page