top of page

Novo Crime: "Big Brother" via celular

O aparelho eletrônico mais vendido no Brasil é o telefone celular. Seu uso é extremamente democrático; foi adotado por pessoas de todas as faixas etárias e classes sociais. Crianças com 10 anos ou menos até pessoas que se aproximam dos 100 anos de idade não abrem mão dessa forma de comunicação. Essa massificação trouxe também alguns problemas de ordem criminal. O volume de trotes e golpes cresceu assustadoramente e a era do chamado "telemarketing do crime" se instalou definitivamente em nosso país. O falso sequestro por telefone, que ainda é muito aplicado, muitas vezes de dentro das cadeias públicas, já gerou muitas mortes de pessoas que enfartaram ao receber notícia de que parente próximo estaria nas mãos de criminosos. Recentemente, descobri uma nova modalidade criminosa, onde a ferramenta principal são os celulares equipados com potentes câmeras. Uma moça estava no banheiro de um shopping de luxo de São Paulo quando percebeu uma sombra crescendo em sua direção. Era de um jovem aparentando 20 anos de idade; ele usava um boné para tampar o rosto, evitando assim sua identificação. Empunhava um sofisticado aparelho celular com a câmera ligada, com o qual pretendia captar imagens das partes íntimas da vítima, que gritou afugentando-o. A jovem não teve dúvida; foi à delegacia de polícia mais próxima e registrou boletim de ocorrência versando sobre importunação ofensiva ao pudor. Foi noticiado um outro caso que me chamou a atenção. Jovens estão fotografando moças que vestem minissaias ou decotes arrojados, principalmente dentro do metrô, ônibus e trens. Quando conseguem obter imagens de partes intimas femininas, esses criminosos juvenis as colocam na internet, causando, com a divulgação, sérios e irremediáveis transtornos às vítimas. Não podemos esquecer daqueles que se exibem sem roupas via internet e depois levam um susto quando descobrem que tais imagens foram gravadas e inseridas em sites na rede mundial de computadores. Portanto, amigo leitor, todo cuidado é pouco, pois estamos vivendo na era do "Big Brother" e se bobear sua intimidade será exposta na internet, para o mundo inteiro ver.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Novo roteiro do falso sequestro por telefone

Tenho alertado, insistentemente, o amigo leitor, sobre os cuidados necessários ao se atender telefone fixo ou celular, pois a quantidade de golpes a que se está sujeito é impressionante, e a cada dia

Novo Crime: "Big Brother" via celular

O aparelho eletrônico mais vendido no Brasil é o telefone celular. Seu uso é extremamente democrático; foi adotado por pessoas de todas as faixas etárias e classes sociais. Crianças com 10 anos ou men

Nova estratégia do falso sequestro

A presente matéria é um alerta para os leitores que possuem telefones celulares. O golpe do "falso sequestro", que já fez milhares de vítimas em todo Brasil, tem sido remodelado, constantemente, pelos

Comments


bottom of page