top of page

Novo golpe por telefone tem como arma o medo

Uma nova modalidade de crime, praticada por telefone, tem sido registrada em diversas partes do Brasil. O caso que vou relatar tem na figura do "medo" a principal estratégia para convencer a vítima a entregar dinheiro.

Recentemente, recebi e-mail de uma pessoa, Maria Izabel, que dizia estar apavorada em razão de delito que sofrera. Descrevia com minúcias a forma como foi abordada:

"Tenho uma pequena cafeteria em rua movimentada de minha cidade. Por volta das 16h30 de ontem, recebi ligação no telefone fixo do meu comércio. Uma voz masculina, utilizando gíria da malandragem, dizia tratar-se de assalto. O marginal descreveu a forma como eu estava vestida e dizia estar me vigiando através de um carro de cor preta estacionado nas imediações. Exigia a compra de recarga de celular no valor de R$ 500,00. Fiquei extremamente nervosa, pois a todo momento eu percebia veículos pretos passando em frente minha loja. O criminoso tecia ameaças; dizia que já havia me seguido no dia anterior e que sabia o endereço de minha moradia. Fiquei apavorada, pois tenho duas filhas adolescentes que sempre estão em casa sozinhas no período da tarde. Acabei cedendo às ordens proferidas pelo bandido; me dirigi a uma padaria na rua ao lado e fiz a recarga nos números de celulares passados por ele. Sou separada, e como não me dou bem com o ex-marido, não contei nada a ele e achei melhor não preocupar minhas filhas. O problema, é que no dia seguinte o bandido ligou novamente, no mesmo horário, exigindo mais dinheiro. Como eu não tinha no momento, ele ficou de ligar outro dia; disse que seria a última vez que ligaria".

Amigo leitor, com a popularização dos celulares, estelionatários criaram diversos golpes via telefone, os quais apelidei de "telemarketing do crime". Não se trata de assaltantes que portam armas de fogo; são golpistas que desejam obter dinheiro fácil a custo do pânico das pessoas, já fragilizadas pela violência urbana.

Ao receber telefonema ameaçador, mantenha a calma; jamais atenda de imediato as determinações dos marginais. Quanto mais ficar na ligação, maior será o risco de ser envolvido pela "lábia" do bandido e, portanto, ser induzido ao medo.

É importante repartir o problema com outra pessoa, e se possível, ligue para o fone 190 da Polícia Militar, pois o atendente estará preparado para te orientar e gerenciar o problema com profissionalismo.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Novo roteiro do falso sequestro por telefone

Tenho alertado, insistentemente, o amigo leitor, sobre os cuidados necessários ao se atender telefone fixo ou celular, pois a quantidade de golpes a que se está sujeito é impressionante, e a cada dia

Novo Crime: "Big Brother" via celular

O aparelho eletrônico mais vendido no Brasil é o telefone celular. Seu uso é extremamente democrático; foi adotado por pessoas de todas as faixas etárias e classes sociais. Crianças com 10 anos ou men

Nova estratégia do falso sequestro

A presente matéria é um alerta para os leitores que possuem telefones celulares. O golpe do "falso sequestro", que já fez milhares de vítimas em todo Brasil, tem sido remodelado, constantemente, pelos

Comments


bottom of page