top of page

Você já disse isso: não estou suportando mais viver!

Um príncipe chinês orgulhava-se de sua rara coleção de porcelana, que era constituída por doze pratos. Certo dia, um dos servos, em momento infeliz, deixou que se quebrasse uma das peças. Tomando conhecimento do desastre e possuído pela fúria, o príncipe condenou à morte o desastrado. A notícia tomou conta do Império, e, às vésperas da execução, apresentou-se um respeitado sábio, já bastante idoso, que se comprometeu a devolver a ordem à coleção, se o rapaz fosse perdoado. Emocionado, o príncipe reuniu sua corte e aceitou a oferenda do ancião. Este solicitou que fossem colocados todos os pratos restantes sobre uma toalha de linho e os pedaços da preciosa porcelana fossem espalhados em volta do móvel. Atendido na sua solicitação, o sábio, num gesto inesperado, puxou a toalha com as preciosas porcelanas, projetando-as, bruscamente, sobre o piso de mármore, consequentemente, destruindo todas. Tomadas de surpresa, as pessoas presentes ficaram atônitas. Em seguida, o sábio diz: “ Aí estão, senhor, todos iguais, conforme prometi. Agora podeis mandar me matar. Como essas porcelanas valem mais do que vidas, e considerando que sou idoso e já vivi além do que deveria, sacrifico-me em benefício dos que poderiam vir a morrer no futuro, quando cada uma dessas peças fosse quebrada. Assim, com a minha existência, pretendo salvar doze vidas, já que elas, diante desses objetos, nada valem”. Passado o choque, o príncipe, comovido, libertou o sábio e o servo. Diariamente, em delegacias em todo mundo, são registradas ocorrências de suicídios e de pessoas que atentaram contra a própria vida, mas não obtiveram êxito. É difícil entender atitudes tão insensatas. Se a vida é o maior patrimônio, por que tanta gente prefere morrer? Um problema, analisado de forma isolada, pode assumir proporção gigantesca, mas quando sob uma ótica ampla e holística, perde força e o sentimento negativo é amenizado. O segredo, é todas as manhãs, ao acordar, valorizar suas conquistas e as pessoas importantes na sua vida. Se porventura, tem algo faltando e isso incomoda, você terá apenas dois caminhos a seguir: 1)Se esforçar ao máximo para tentar superar, e se não conseguir, aceitar, pacificamente, suas limitações 2)Esconder embaixo do tapete e procurar outras metas apaixonantes.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Crime e as seqüelas emocionais

O diretor do Centro de Tratamento e Pesquisas de Vítimas de Crimes, da Universidade da Carolina do Sul/EUA, Dean Kil Patrick, afirma que: “Vítimas de crimes estão 10 vezes mais sujeitas do que a média

Traumas pós-violência

Você já foi vítima de um ato de violência e ficou traumatizado? A violência faz parte do mundo animal. Os predadores atacam suas presas por uma questão de sobrevivência. Todo predador tem seu dia de p

bottom of page